Seja bem vindo, você é o visitante nº

curiosidades sobre cães

Loading...

quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

O seu cão vomita no carro? Saiba o que pode fazer para o evitar.
      Vomitar no carro tanto acontece aos cães como a algumas pessoas, existe quem não aguente viagens de barco, outras de avião. Trata-se de um problema de extrema sensibilidade do sistema nervoso. A primeira coisa a fazer é não dar comida um pouco antes da viagem, mesmo não evitando totalmente os vómitos, será diminuída a probabilidade de acontecerem. Uma boa ventilação ajuda a reduzir os ataques, também já foi observado que os cães que podem olhar pelas janelas têm menos tendência a vomitar, evita-se por isso que se deitem no chão, o que aumenta a vontade de vomitarem. Os medicamentos usados por nós para evitar o enjoo também podem ser aplicados da mesma maneira nos cães, mas é aconselhável falar com o veterinário, para se determinar qual o medicamento e a relação quantidade/peso do cão.

      Quanto mais vezes viajarem, menos vezes vomitarão, passando numa fase, alguns, a babarem-se e gradualmente deixam de vomitar completamente.

      É conveniente parar de 4 em 4 horas, sensivelmente, para o cão poder dar uma volta, urinar e beber um pouco de água, mas em pouca quantidade.


vamos tentar publicar algumas dicas interessantes para o pessoal que gosta de cães :) aquele abraço

segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

http://VisitsToMoney.com/index.php?refId=559762

domingo, 23 de Fevereiro de 2014

a idade dos cães na escala humana


quarta-feira, 29 de Janeiro de 2014

na próxima sexta feira, dia 31 de janeiro, irei estar novamente no programa de Raúl Ferrão, " a idade dos saberes" na Popular FM  em 90.9 mhz ou em www.popularfm.com entre as 21h00 e as 23h00, para falar-mos mais um pouco sobre os nossos amigos de quatro patas. Apareçam :)



quinta-feira, 9 de Janeiro de 2014

Beneficios de ter um cão


Está mais do que comprovado que cães são ótimos companheiros para crianças: podem ajudá-las a desenvolver maior habilidade nas relações sociais, além de responsabilidade e respeito ao próximo. Agora, os pais têm mais uma razão para ceder aos encantos caninos.

Uma pesquisa feita pelo Instituto de Epidemiologia do Helmholtz Centre, em Munique (Alemanha), sugere que, durante a infância, a exposição a bactérias contidas na pelagem dos cachorros pode estimular o desenvolvimento do sistema imunológico e evitar futuros problemas respiratórios como asma, rinite alérgica e eczemas.

Os cientistas acreditam que a imunidade deve aparecer somente quando as crianças estiverem mais velhas, pois, embora seus exames de sangue tenham mostrado menor risco de desenvolver alergia, elas apresentaram tantos problemas respiratórios durante o estudo quanto crianças que não tinham cães
Como podem ver, vale a pena ter um animal de companhia :)

e este será um dos temas no qual irei falar na próxima sexta-feira, dia 10 de Janeiro de 2013, pelas 21H00, na sua Rádio de eleição, em 90.9Mhz ou em www.popularfm.com, no programa “ A IDADE DOS SABERES “,

até á próxima pessoal

terça-feira, 26 de Novembro de 2013

Cães: Abanar a cauda tem vários significados

Para nós, humanos, um cão a abanar a cauda significa apenas que está excitado.
Mas para os nossos amigos caninos este gesto é mais complexo do que parece.
Um novo estudo acaba de provar que os cães reconhecem e respondem de maneiras diferentes perante uma cauda que está a abanar para a direita ou para a esquerda.

As conclusões do estudo publicado, no final de Outubro, no jornal Cell Press, demostra que os cães, tal como os seres humanos, têm o cérebro dividido num lado esquerdo e direito, sendo que cada parte desempenha funções muito diferentes.

Durante o estudo, a equipa monitorizou um grupo de cães aos quais foram exibidos vídeos de outros cães a abanar a cauda, uns para a direita e outros para a esquerda. Enquanto monitorizavam as reações dos animais, os investigadores confirmaram que, quando viam outros cães a abanar a cauda para a esquerda, os animais ficavam ansiosos e o seu batimento cardíaco acelerava. Já perante uma cauda que abanava para a direita, os cães ficavam completamente descontraídos. "A direção da cauda ativa hemisférios diferentes do cérebro canino”, diz em comunicado o italiano Giorgio Vallortigara, do Centro para as Ciências do Cérebro da Universidade de Milão, que liderou a investigação. "Ou seja, quando o cão vê uma cauda que abana para a direita ativa o hemisfério esquerdo ligado a experiências positivas e descontraídas.

Em contraste, uma cauda que abana para a esquerda sugere situações de defesa e produz ansiedade. E isso é incrível”, acrescenta o investigador. Além de ajudar na comunicação entre elementos caninos, Vallortigara considera que esta informação pode ser particularmente útil para os humanos que vivem com cães e para os veterinários ou tratadores.

http://boasnoticias.sapo.pt/noticias_Cães-Abanar-a-cauda-tem-vários-significados_17789.html?page=0